07:30 - 18:00

Segunda – Sexta

(11) 2983-3530

Ligue Agora!

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protética, as restaurações dentárias são procedimentos na cavidade oral que são usados para reconstruir problemas na boca, como por exemplo ausência de dentes, ou a falta de  alguma parte dos dentes, bem como estruturas moles ou duras dos maxilares inferior e superior. A Prótese Dentária faz parte de uma profissão odontológica especializada em restauração dentária. Os serviços prestados por esse profissional incluem implantes dentários, coroas, pontes e dentaduras, alguns são removíveis, outros fixados permanentemente em sua boca.

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Como é o processo de escolha e produção das próteses dentárias

O dentista fará um exame completo dos dentes e da cavidade oral, realizando exames de raios-X dos dentes relacionados à dentadura. Isso permitirá que seu dentista forneça próteses que suportam qualquer dente remanescente, permitindo que você coma e fale normalmente, além de apresentar uma boa aparência. Na próxima etapa, seu dentista pedirá que você morda o molde para enviar a estrutura ao laboratório de prótese dentária, deixando uma marca dos dentes existentes. De acordo com a decisão do dentista, as próteses podem ser confeccionadas em diversos materiais, como porcelana, acrílico, resina composta e zircônia.

Depois de preparar a prótese, o procedimento de colocação dependerá da prótese que você deseja usar. Para ajustar o implante, seu dentista inserirá cirurgicamente um acessório de titânio (pilar) em seu osso. Então, você precisará esperar alguns meses antes de colocar a prótese. Isso é para garantir que o implante seja colocado corretamente e preso ao osso. Se você for usar coroas ou pontes, o dentista pode remover ou embutir parte da superfície do dente para preparar as próteses. As dentaduras precisam ser verificadas para garantir que se encaixem perfeitamente e confortavelmente em sua boca, isso faz parte do processo de Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas.

Qual prótese é a certa para você?

Antes de sugerir qualquer opção de tratamento, seu dentista ou protético levará em consideração a saúde geral de sua boca, incluindo o número de dentes perdidos, a condição dos dentes restantes e a espessura da mandíbula. Se faltarem apenas um ou dois dentes e o restante for saudável, uma ponte ou dentadura parcial pode ser uma solução melhor. Quando os dentes naturais restantes são poucos e estão em más condições, dentaduras ou implantes podem ser a melhor escolha. No entanto, se a mandíbula for fina, seu dentista pode fazer um enxerto ósseo para transplantar outro osso na área que suporta o implante.

Ao visitar o seu dentista, ele fará as melhores recomendações sobre qual prótese se adapta às suas necessidades. Porém, alguns fatores precisam ser considerados, como custo, aparência e tempo de tratamento.

Os implantes sempre fornecem uma solução natural para dentes perdidos. No entanto, podem custar caro e o tratamento pode levar alguns meses.

As dentaduras podem ajudar os pacientes a se sentirem mais confiantes, substituindo os dentes perdidos. Também torna os dentes descoloridos ou danificados mais atraentes.

Para substituir um, ou vários dentes perdidos, as pontes geralmente são a melhor escolha. É mais barato, e o tratamento geralmente requer apenas duas visitas ao dentista. As próteses móveis podem ser uma opção econômica, mas você deve esperar alguns meses para que sua boca cicatrize totalmente e se ajuste antes de preparar próteses móveis.

Importante saber o certo para você no Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas.

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Coroa

A coroa é basicamente a capa, ou seja, a parte superior do dente. Pode ser feito de vários materiais, incluindo metal e porcelana.

Você pode ter uma coroa em um molar que raramente fica exposta, a menos que você boceje, ou pode ter uma coroa nos dentes da frente que é projetada especificamente para combinar com outros dentes.

Existem vários fatores importantes a serem considerados ao escolher uma coroa, incluindo:

  • Custo;
  • Potência;
  • Durabilidade;
  • Uma aparência natural não afetará seu sorriso, que também pode ser sua prioridade. O dentista pode mostrar várias opções e ajudá-lo a encontrar o método que melhor atende suas necessidades.

Tipos de coroas

Diferentes tipos de materiais podem ser usados na coroa, incluindo:

  • Porcelana
  • Produtos cerâmicos
  • Zircônia
  • Metal
  • Resina composta
  • Combinação de materiais

Ao escolher o material para sua coroa, seu dentista levará em consideração os seguintes fatores:

  • A posição dos seus dentes
  • Quantos dentes aparecem ao sorrir
  • Localização do tecido gengival
  • Funções de dentes que requerem coroas
  • Quantos dentes naturais sobraram

A cor dos dentes circundantes

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Coroa Provisória

A coroa temporária é exatamente o que o nome sugere. Ficará na sua boca por um curto período de tempo.

O dentista irá colocar nos dentes com um adesivo fácil de remover, para que não seja tão forte quanto uma coroa permanente.

Isso é feito enquanto você espera para fazer a coroa permanente, que será colocada em seus dentes em uma segunda consulta.

Fazendo parte do Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas.

Entre em contato agora!

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Quem precisa de uma coroa?

Se você teve algum problema com os seus dentes e acabou ficando com um buraco grande, pode ser hora de procurar um protético para colocar uma coroa.

Outros motivos para colocar uma coroa, é se seus dentes apresentarem:

  • Desgaste severo
  • Rachadura
  • Enfraquecidos
  • Também é recomendado coroar o canal radicular do dente porque o dente é mais frágil e precisa de proteção.

Se você não tiver dentes, e precisar de uma coroa, o dentista precisará inserir uma ponte ou implante dentário.

Cuidados com a coroa

É importante que você sempre cuide bem da sua coroa através de uma boa higiene bucal.

Aqui estão algumas dicas úteis:

Sempre escove os dentes com cuidado. Se você não escovar os dentes duas vezes ao dia, é hora de começar. Se a coroa ou os dentes adjacentes forem sensíveis ao calor ou ao frio, considere o uso de pasta de dente para dentes sensíveis.

O uso diário do fio dental ajuda a manter os dentes em melhores condições.

Evite comer alimentos duros. Mastigar cubos de gelo, ou alimentos duros pode fazer sua coroa rachar, especialmente for de porcelana.

Se você range os dentes ou sofre de bruxismo noturno, o seu dentista pode recomendar que você utilize placas para proteger a coroa.

Cuidados com a coroa temporária
Lembre-se de que o adesivo utilizado para fixar a coroa temporária não é muito forte, e por isso você deve ter alguns cuidados.

Escove os dentes como de costume, mas use uma escova macia e procure não colocar muita força. Ao usar o fio dental, puxe-o pela lateral do dente e não para cima de uma vez, pois pode fazer com que a sua coroa caia.

Se sua coroa temporária cair ou quebrar enquanto você espera por uma coroa permanente, vá ao seu dentista. Ele poderá fazer uma nova coroa ou um curativo, de acordo com o tempo que falta para sua coroa permanente chegar.

Cuidados são muito importantes no Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas.

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Possíveis complicações de usar uma coroa

Uma coroa pode ser uma solução muito útil para um problema sério com um de seus dentes. No entanto, depois de obter a coroa, você pode encontrar alguns riscos e possíveis complicações:

Sensibilidade dentária

Não é incomum que os dentes da coroa sejam sensíveis ao calor ou ao frio.

No entanto, se seus dentes são muito sensíveis à pressão quando você morde, pode ter algo errado. Converse com seu dentista sobre a possibilidade de alterar a posição da coroa ou diminuí-la um pouco.

Coroa quebrada

Certos tipos de coroas, especialmente coroas totalmente de cerâmica, são mais propensas a lascar.

A porcelana usada para a coroa de metal pode cair, expondo a estrutura metálica abaixo dela. Se o metal ainda estiver intacto,podem não precisar ser reparados.

A coroa pode cair

Se não houver adesivo suficiente para manter a coroa no lugar, ela pode se soltar ou até mesmo cair. Se você sentir que sua coroa está solta ou instável, ligue para o seu dentista.

Reação alérgica

Essa condição não é comum, mas algumas pessoas têm reação alérgica aos metais usados ​​em certas coroas.

Gengivite

Se você notar dor ou inflamação nas gengivas ao redor da coroa, ou se a área começar a sangrar, pode ser gengivite ou doença gengival.

Quanto tempo pode durar a coroa?

A vida útil da coroa pode variar de 5 a 15 anos. Algumas coroas são mais fortes do que outras, portanto, sua vida útil pode ser mais longa.

Se mantida adequadamente, a coroa pode durar muitos anos.

Ponte

Se você estiver com algum dente faltando, o dentista pode usar pontes para preencher as lacunas do seu sorriso. Uma ponte dentária é um tipo de dente falso, fixado pelos dentes pilares em ambos os lados da lacuna. Embora as pontes possam ser feitas de vários materiais, como ouro, geralmente são feitas de porcelana e podem combinar perfeitamente com os dentes naturais.

Tipo de ponte

Existem quatro tipos principais de pontes dentárias em Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas:

  • Tradicional
  • Cantilever
  • Maryland
  • Ponte dentária suportada por implante

Ponte dentária tradicional

Uma ponte dentária tradicional consiste em uma ou mais próteses, que são fixadas por uma coroa colada em cada pilar. A ponte dentária tradicional é o tipo mais popular de ponte dentária. Quando você tem dentes naturais em ambos os lados da lacuna causada pela falta de dentes, pode usar a ponte dentária tradicional.

Ponte cantilever

Embora semelhantes às pontes tradicionais, as pontes em cantilever são mantidas no lugar por uma coroa que é colada apenas a um pilar. Para pontes cantilever, você só precisa inserir um dente natural próximo à lacuna do dente ausente.

Ponte dental Maryland

Semelhante às pontes dentárias tradicionais, as pontes dentárias de Maryland usam dois pilares naturais, com cada dente intercalado em cada lado da lacuna dentária. No entanto, as pontes tradicionais usam coroas nos dentes do pilar, enquanto as pontes Maryland usam uma estrutura de metal ou porcelana colada na parte de trás dos dentes do pilar.

Assim como as pontes tradicionais, as pontes de Maryland só podem ser usadas quando tiverem dentes naturais em cada lado da lacuna dentária devido aos dentes ausentes.

Ponte dentária suportada por implante

Como o nome sugere, as pontes suportadas por implantes usam implantes dentários ao invés de coroas ou armações. Normalmente, cada dente ausente é implantado cirurgicamente com um implante que mantém a ponte no lugar.

Considerando o sistema mais forte e estável, as pontes dentárias suportadas por implantes geralmente requerem duas cirurgias:

Uma cirurgia para inserir implantes no osso da mandíbula.

E a segunda cirurgia para fazer a ponte.

Esse processo pode levar vários meses para ser concluído.

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Por que preciso de uma ponte dentária?

Quando seus dentes estão faltando, pode afetar você de várias maneiras. As pontes dentárias podem resolver essas mudanças, incluindo:

  • Restaurar seu sorriso
  • Restaurar a capacidade de mastigar corretamente
  • Restaurar voz e pronúncia
  • Manter a forma do rosto
  • Reajustar sua mordida enquanto mastiga para distribuir adequadamente a força
  • Evitar que os dentes restantes saiam da posição correta

Prótese Fixa

A cirurgia de implante dentário pode substituir próteses ou pontes menos adequadas. Esta é a escolha mais popular. Pode ser uma opção viável quando uma raiz natural não está em condições para substituir próteses ou pontes. A forma como a cirurgia de implante dentário é realizada depende do tipo de implante e da condição da mandíbula. A cirurgia de implante dentário pode envolver vários procedimentos. O principal benefício dos implantes, é fornecer um suporte firme para seus novos dentes – o processo que requer que os ossos cicatrizem firmemente ao redor do implante.

Como essa consolidação óssea leva tempo, o processo pode levar vários meses.

Porque fazer um implante dentário?

Os implantes dentários são colocados cirurgicamente no osso da mandíbula, que ajudam  as raízes dos dentes perdidos. Uma vez que o titânio no implante se fundirá com o osso da mandíbula, o implante não se movimenta, como dentes de ponte fixos ou dentaduras, causando ruído ou danos aos ossos. O material não apodrece, assim como seus próprios dentes, e não pode suportar projetos de ponte convencionais.

Geralmente, os implantes dentários podem ser mais adequados para você, se você se enquadrar nas seguintes condições:

  • Um ou mais dentes estão faltando
  • A mandíbula está totalmente crescida
  • Ter osso suficiente para fixar o implante ou conseguir enxerto ósseo
  • Ter tecido oral saudável
  • Nenhuma condição de saúde que possa afetar a consolidação óssea
  • Incapaz ou não quer usar dentaduras
  • Disposto a passar vários meses no processo
  • Não fumante

Riscos

Como qualquer cirurgia, a cirurgia de implante dentário também traz alguns riscos à saúde. No entanto, os problemas são raros e, uma vez ocorridos, geralmente são pequenos e fáceis de resolver. Os riscos incluem:

  • Infecção no local de implantação
  • Lesões ou danos às estruturas circundantes, como outros dentes ou vasos sanguíneos
  • Danos nervosos, que podem causar dor, dormência ou formigamento em seus dentes naturais, gengivas, lábios ou mandíbula

Problemas nos seios da face, quando os implantes dentários colocados na maxila se estendem para uma de suas cavidades nasais

Como você se prepara

O processo de planejamento para implante dentário pode envolver uma variedade de especialistas, incluindo médicos (cirurgiões bucais e maxilofaciais) que se especializam em condições orais, maxilofaciais e dentistas que se especializam nas estruturas que suportam os dentes (como gengivas e ossos), e também (Periodontista), um dentista que projeta e monta dentaduras (Dentista), ou ocasionalmente um especialista em ouvido, nariz e garganta.

Como os implantes dentários requerem um ou mais procedimentos cirúrgicos, você deve passar por uma avaliação completa para se preparar para o procedimento, incluindo:

Exame odontológico abrangente. Você pode tirar radiografias dentais e imagens 3D, e ter um modelo feito dos dentes e maxilares.

Reveja seu histórico médico. Informe ao seu médico sobre qualquer problemas de saúde, bem como sobre medicamentos que você costuma tomar, incluindo medicamentos controlados, medicamentos sem receita e suplementos. Se você tem certas doenças cardíacas ou implantes ortopédicos, seu médico pode prescrever antibióticos antes da operação para prevenir infecções.

Plano de tratamento. O plano é feito sob medida para sua situação, e leva em consideração fatores como quantos dentes você precisa substituir e a condição de sua mandíbula e dos dentes restantes.

Para controlar a dor, as opções de anestesia durante a cirurgia incluem anestesia local, sedação ou anestesia geral. Converse com seu dentista sobre a melhor opção para você. Sua equipe odontológica irá orientá-lo sobre como comer e beber antes da operação com base no tipo de anestesia que você irá usar. Se você precisar usar sedativos ou anestesia geral, planeje alguém para levá-lo para casa após a operação e descanse pelo resto do dia.

O que você pode esperar

A cirurgia de implante dentário é geralmente uma operação ambulatorial realizada em etapas, e um certo tempo de cicatrização é necessário entre as duas operações. O processo de colocação de implantes dentários envolve várias etapas, dentre elas:

  • Extração dentária danificada
  • Preparação do osso da mandíbula (transplante), se necessário
  • Colocação de implante dentário
  • Crescimento e cura óssea
  • Colocação de pilares
  • Colocação de dente artificial

Do início ao fim, todo o procedimento pode levar vários meses. A maior parte desse tempo é gasto na recuperação, e na espera do crescimento de um novo osso na mandíbula.

Faça agora seu Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas
Entre em contato agora!

Quando o enxerto ósseo é necessário

Enxerto ósseo de mandíbula.

Se a sua mandíbula não for espessa o suficiente ou for muito mole, pode ser necessário um enxerto ósseo antes da cirurgia de implante dentário. Isso ocorre porque a forte ação de mastigação exerce muita pressão sobre os ossos. Se o implante não puder ser apoiado, a operação provavelmente falhará. Os enxertos ósseos podem criar uma base mais forte para os implantes.

Existem vários materiais de enxerto ósseo que podem ser usados para reconstruir a mandíbula. As opções podem incluir enxertos ósseos naturais (como de outros locais em seu corpo) ou enxertos ósseos sintéticos (como materiais de substituição óssea que podem fornecer suporte para o crescimento de osso novo). Discuta com seu médico qual opção é melhor para você.

Pode levar vários meses para que o osso transplantado cresça o suficiente para suportar o implante dentário. Em alguns casos, você pode precisar apenas de um enxerto ósseo menor, que pode ser realizado ao mesmo tempo que a cirurgia de implante. A condição de sua mandíbula determina como você deve proceder.

Colocação do implante dentário

Durante o procedimento de colocação do implante dentário, o cirurgião-dentista cortará os dentes para abrir a gengiva e expor os ossos. Ele fará furos nos ossos, onde serão colocados pinos de metal. Uma vez que o pino será usado como a raiz do dente, ele deve ser implantado profundamente no osso.

Nesta fase, seus dentes ainda estão faltando. Se for necessário, um tipo de prótese parcial pode ser colocado para fins de aparência.

Esperando que os ossos cresçam

Depois que o pino do implante de metal é colocado em seu maxilar, a osseointegração começa. Durante esse processo, o osso da mandíbula cresce e se junta à superfície do implante dentário. Esse processo pode levar vários meses para fornecer uma base sólida para seu novo dente.

Colocação do pilar

Após a conclusão da osseointegração, pode ser necessário realizar outra operação, para colocar o abutment – a coroa será eventualmente fixada no abutment. Esta pequena operação é geralmente realizada com anestesia local.

O cirurgião oral reabrirá a gengiva para expor o implante dentário

O abutment é conectado ao implante dentário

Em seguida, fecha o tecido gengival ao redor do abutment.

Em alguns casos, quando o pino é implantado, o abutment é preso ao pino de metal do implante dentário. Isso significa que você não precisa de mais etapas cirúrgicas. No entanto, como o abutment se projeta acima da gengiva, você pode vê-lo ao abrir a boca, até que o dentista conclua a restauração do dente.

Depois de colocar o abutment, sua gengiva deve cicatrizar dentro de duas semanas antes de conectar o dente artificial.

Escolha de um novo dente artificial

Depois que a gengiva cicatrizar, sua boca e os dentes restantes deixarão você mais tranquilo. A coroa não pode ser colocada até que seu maxilar esteja forte o suficiente para suportar o uso de novos dentes.

Você e seu dentista podem escolher entre dentes removíveis, fixos ou uma combinação de dentes artificiais:

  • Removível. Este tipo é semelhante às próteses removíveis tradicionais e pode ser uma prótese parcial ou total. Ele contém dentes brancos artificiais cercados por cola plástica rosa. Ele é montado em uma estrutura de metal, que é conectada ao pilar do implante e se encaixa firmemente no lugar. Pode ser facilmente removido para manutenção ou limpeza diária.

Estábulo. Neste tipo, os dentes artificiais são permanentemente aparafusados ou colados a um único pilar de implante. Você não pode extrair seus dentes para limpar. Na maioria dos casos, cada coroa é fixada em seu próprio implante dentário.

Como agir após o procedimento

Você poderá sentir alguns desconfortos típicos associados a qualquer tipo de cirurgia dentária, como:

  • Inchaço das gengivas e rosto
  • Pele e gengivas machucadas
  • Dor no local do implante
  • Pequeno sangramento

Depois que o dente for implantado, você pode precisar de analgésicos ou antibióticos. Se o inchaço, desconforto ou qualquer outro problema piorar alguns dias após a operação, entre em contato com o seu cirurgião.

Após cada estágio da cirurgia, pode ser necessário ingerir alimentos moles enquanto o local está cicatrizando. Normalmente, seu cirurgião usará pontos que dissolvem. Se os pontos não forem auto dissolventes, o médico irá removê-los.

Resultados

A maioria dos implantes dentários é bem-sucedida. No entanto, às vezes o osso não pode ser totalmente fundido ao implante de metal. Por exemplo, fumar pode causar a falha do implante e complicações.

Se os ossos não se fundirem suficientemente, o implante é removido, os ossos são limpos e  você pode tentar o procedimento novamente dentro de três meses.

Dicas de cuidados

  • Pratique uma boa higiene oral. Tal como acontece com os dentes naturais, os implantes, e dentes artificiais precisam ser limpos. Escovas especialmente projetadas, como as escovas interdentais que deslizam entre os dentes, podem ajudar a limpar os cantos e as lacunas ao redor dos dentes, gengivas e pinos de metal.
  • Vá ao dentista regularmente. Organize exames dentários para garantir a saúde e o bom funcionamento dos implantes, e realize limpeza profissional conforme recomendado.
  • Não mastigue objetos duros, como gelo, pois podem danificar a coroa ou os dentes naturais. Evite tabaco e cafeína que mancham seus dentes.

Dentaduras removíveis

As dentaduras também são adequadas como próteses para dentes perdidos. Geralmente são feitos de acrílico, náilon ou metal. Elas podem ser usadas no lugar de um ou mais dentes e são bem presas às gengivas.

Próteses dentárias adequadamente ajustadas trazem muitos benefícios, incluindo melhora na fala, capacidade alimentar e autoconfiança. Também evita que o rosto caia com o tempo e protege os dentes remanescentes.

Tipos de dentaduras

Existem muitos tipos de próteses, incluindo próteses parciais e próteses totais.

Todas elas precisam ser montadas para combinar com o formato, tamanho e cor de seus dentes. A instalação pode ser feita por especialistas chamados dentes protéticos ou por dentistas generalistas,que também podem instalar próteses.

Dentadura parcial

Se você ainda tem dentes saudáveis, pode usar próteses parciais. Essas dentaduras são geralmente fixadas nos dentes saudáveis ​​restantes.

Próteses totais

Se você perder todos os dentes, é aconselhável usar próteses totais, que podem ser causadas por lesões, infecção, periodontite ou outras condições médicas. Esses dentes artificiais são presos a uma placa que fica sobre a gengiva.

As dentaduras podem ser usadas para ajudar a mantê-las no lugar.

Dentadura removível

As próteses removíveis são próteses tradicionais e apresentam grande vantagem por serem fáceis de limpar.

No entanto, é mais provável que estes deslizem para fora do lugar, por isso os dentistas recomendam evitar alimentos que sejam pegajosos ou duros.

Os adesivos para próteses dentárias podem ajudar a mantê-los no lugar.

Próteses removíveis geralmente levam cerca de cinco anos para serem substituídas.

Dentaduras flexíveis

As próteses flexíveis são uma alternativa popular às próteses tradicionais. São feitas de materiais flexíveis, mas extremamente duráveis e são mais confortáveis de usar. Graças à resina translúcida que combina com a cor da sua gengiva, eles não precisam de clipes visíveis como próteses parciais visíveis.

As dentaduras flexíveis podem durar de cinco a oito anos.

Como cuidar de suas dentaduras

Nossa boca está cheia de bactérias, então não é surpresa que tenhamos que limpar os dentes artificiais todos os dias.

O seu dentista irá aconselhá-lo sobre a melhor forma de limpar as suas dentaduras de acordo com o tipo de dentadura. Por exemplo, a remoção de dentaduras parciais pode facilitar a limpeza dos dentes.

Você pode usar soluções de limpeza especiais para dentaduras para ajudar a limpá-las com eficácia. As próteses requerem soluções diferentes dependendo do material de que são feitas, por isso pergunte ao dentista o que deve usar.

Para prolongar a vida útil das próteses, tome cuidado ao manuseá-las.

Molhar as dentaduras durante a noite, pode evitar que sequem, mas antes de colocá-las de volta no lugar, enxágue-as com água.

Seu dentista também pode recomendar que você evite certos alimentos. Evite bebidas quentes o suficiente para entortar dentaduras. Também é uma boa idéia evitar alimentos duros (como balas duras ou chicletes).

Efeitos colaterais de dentaduras

Quando você entra em contato com dentaduras, especialmente dentaduras temporárias, você pode notar aumento de saliva. Isso é normal e irá desaparecer gradualmente conforme sua boca se acostuma com os novos aditivos. Algumas pessoas também sentem náuseas de curta duração.

Quando você está se acostumando com as novas dentaduras, pode ter dificuldade para comer. Comece com alimentos macios e líquidos para se acostumar com elas. Da mesma forma, antes de colocar uma dentadura, pode ser difícil para você falar como antes. Isso se tornará mais fácil quando você se acostumar com as dentaduras. Praticar palavras difíceis de pronunciar pode acelerar o processo de tradução.

Ao tossir ou espirrar, é muito comum ficar exposto à alta pressão de próteses removíveis. Isso pode fazer com que elas saiam. Para evitar isso, cubra a boca com as mãos ao espirrar, bocejar ou tossir.

Existem certos sinais de que suas dentaduras precisam ser ajustadas, reparadas ou reparadas. Esses incluem:

  • Detritos ou rachaduras nas dentaduras

Pode ser difícil mastigar após o período de ajuste (pode levar cerca de uma semana)

  • Úlceras de pressão na colocação da prótese, principalmente após o período de ajuste
  • Mudanças consistentes no padrão de voz que não irão desaparecer após o período de ajuste
  • Cheiro de dentaduras

Alternativas para dentaduras

Tratamento de Próteses Dentária e Reabilitações Protéticas

Além das próteses, existem outras opções que algumas pessoas podem achar mais atraentes.

Os implantes de próteses são permanentes, graças à estabilidade dos parafusos de metal que posicionam a prótese no osso maxilar antes de colocá-la no osso maxilar. Você pode ter apenas um implante ou um conjunto completo de implantes. Os implantes são muito mais caros do que as dentaduras, embora algumas pessoas não se importem em pagar um preço permanente por isso.

Os folheados podem ajudar a melhorar a aparência dos dentes saudáveis existentes, cobrindo a parte frontal dos dentes com uma fina camada de porcelana. No entanto, eles não podem substituir dentes perdidos.

As pontes dentárias são outra alternativa comum às dentaduras. Uma ponte dentária é composta por dentes falsos, que são mantidos no lugar por coroas fixadas aos dentes adjacentes ou implantes.

São mais permanentes do que próteses removíveis e, se houver dentes vizinhos saudáveis, o processo de implantação pode não ser necessário.

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Vamos conversar

Agende sua primeira visita para Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Abrir Whatsapp
1
Precisando de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?