07:30 - 18:00

Segunda – Sexta

(11) 2983-3530

Ligue Agora!

Tratamento Ortodontia

Tratamento Ortodontia

Tratamento Ortodontia

Tratamento Ortodontia a Ortodontia é o que conhecemos popularmente como “dentista de aparelho”, ou seja, é a área da odontologia que normalmente trata dentes tortos, má oclusão e mordedura incorreta, que é quando os dentes não são posicionados adequadamente quando a boca está fechada.

Alguns tratamentos ortodônticos são considerados estéticos, ou seja, são utilizados apenas para deixar a aparência mais bonita, mas a grande maioria dos tratamentos ainda visa melhorar a função e saúde oral.

A Ortodontia normalmente corrige problemas relacionados com dentes e maxilares que estão posicionados de forma incorreta. Um dos maiores problemas relacionados aos dentes tortos é que eles são difíceis de limpar, o que pode levar a doenças periodontais, halitose e até mesmo a perda dos dentes. Além disso, os dentes tortos também podem prejudicar a aparência.

Por isso, podemos dizer com toda a certeza que o Tratamento Ortodontia torna a boca muito mais saudável, além de melhorar a aparência, elevar a auto estima e fazer com que os dentes durem mais. A especialidade odontológica que trata de dentes tortos e afins é o ortodontista. Além do curso tradicional para se tornar dentistas, os profissionais que escolhem essa área precisam fazer outros cursos e especializações.

Os ortodontistas são especializados em Tratamento Ortodontia diagnosticar, prevenir e tratar dentes e maxilares irregulares. Eles conseguem identificar tanto os problemas que já existem quanto possíveis problemas e complicações futuras. Além disso, apesar de muita gente acreditar que a ortodontia é uma especialidade que trata somente de crianças, os dentistas ortodontistas podem atender pessoas de qualquer idade! 

E hoje em dia já existem milhares de tratamentos que são voltados para o público de qualquer idade, como por exemplo os aparelhos ortodônticos invisalign, que são transparentes e discretos, ajudando adultos que querem corrigir imperfeições dentárias sem utilizar aqueles aparelhos metálicos tradicionais.

Seguem algumas aplicações da ortodontia:

  • Fechar aberturas grandes entre os dentes
  • Alinhar dentes desalinhados
  • Corrigir problema de dentes tortos
  • Corrigir problemas de fala devido à dentição
  • Melhorar a capacidade de mastigação
  • Aumentar a saúde das gengivas e dentes
  • Prevenir desgaste excessivo
  • Mordidas desalinhadas
  • Melhorar a aparência dos dentes

Para atingir esses objetivos existem alguns equipamentos que são considerados padrões, como por exemplo as placas e os aparelhos ortodônticos, que podem ser em bandejas transparentes , como o Invisalign, ou os tradicionais, que podem ser móveis ou fixos.

Tratamento Ortodontia

Aparelhos fixos

São os tipos de aparelhos mais comumente usados no Tratamento Ortodontia. São utilizados principalmente quando é necessário ter uma boa precisão do que está a ser feito.

A pessoa pode se alimentar normalmente, porém alguns alimentos e bebidas devem ser evitados, como por exemplo refrigerantes, doces muito duros, chicletes e balas e outros alimentos muito pegajosos.

Se a pessoa que for utilizar o aparelho fixo for praticante de algum tipo de esporte de contato, é necessário avisar o seu ortodontista, já que alguma proteção extra pode ser necessária.

Tratamento Ortodontia.

Aparelho ortodôntico móvel

Normalmente os aparelhos ortodonticos móveis são utilizados para tratar problemas menores como dentes que são apenas um pouco tortos ou até mesmo para prevenir que a criança chupe o dedo.

É importante que o aparelho só seja retirado para escovar os dentes, se alimentar ou usar o fio dental. Algumas vezes o dentista pode aconselhar que o paciente também o retire durante algumas atividades.

Tratamento Ortodontia

Quem deve procurar um ortodontista?

Todo mundo que tem algum tipo de problema ortodôntico, como por exemplo dentes tortos ou mandíbula que não se fecha de forma alinhada pode e deve procurar um ortodontista para Tratamento Ortodontia.

Se você estiver percebendo que as mandíbulas ou os dentes do seu filho não estiverem se desenvolvendo adequadamente, esse é outro motivo para que você busque um ortodontista.

É importante ressaltar que apesar da má oclusão não ser uma doença, ela afeta a saúde bucal apenas de forma indireta, ou seja, atrapalhando a limpeza e provocando problemas bucais como periodontite e halitose. Além disso, ela também pode afetar o formato do rosto e a aparência dos dentes, o que pode levar a baixa auto estima, falta de confiança e até mesmo uma grande frustração.

Normalmente a má oclusão ocorre devido a lesões nos dentes ou ossos faciais e também em crianças que chupam os dedos ou a chupeta durante muito tempo. Como já dissemos, apesar dela não ser uma doença, pode afetar diretamente a alimentação, a fala, e até mesmo a limpeza dos dentes.

O Tratamento Ortodontia pode ajudar nos seguintes casos:

Dentes frontais para frente: o tratamento melhora a aparência geral dos dentes e também protege os dentes, uma vez que quando esses dentes são muito salientes, durante uma queda ou esportes de contato eles podem se quebrar.

Dentes encavalados: ocorre quando a mandíbula é pequena e não há espaço suficiente para todos os dentes. Algumas vezes pode ser necessário extrair um ou mais dentes para que os outros dentes tenham espaço.

Dentes inclusos: às vezes acontece de os adultos não terem seus dentes completos. O que acontece é que muitos deles ficam oclusos e podem nascer apenas parcialmente. Um ortodontista pode ajudar a resolver esse problema.

Dentes assimétricos: muitas vezes, o que ocorre é que os dentes superiores e inferiores não se encaixam, fazendo com que alguns dentes sobreponham os outros na hora que a mordida se fecha.

Mordida profunda: ocorre quando ao fechar os dentes, os dentes superiores fiquem muito mais abaixo do que deveriam, fazendo com que a mordida não se feche completamente.

Mordida posterior: quando ao fechar os dentes, os dentes superiores sobrepõem os dentes inferiores.

Mordida aberta: quando após fechar a boca ainda fica uma abertura entre os dentes superiores e inferiores.

Dentes cerrados: quando os dentes superiores ficam para trás e os dentes inferiores ficam a frente.

Problemas com a mordida: quando ao morder sua mordida fica muito próxima da bochecha ou da língua.

Espaçamento: Quando existem espaços entre os dentes devido à perda de algum dente ou até mesmo por os dentes não preencherem todo o espaço da boca. É o problema exatamente oposto aos dentes encavalados.

Os ortodontistas também podem te ajudar a resolver problemas como ranger de dentes ou até mesmo problemas de ATM.

O Início do Tratamento Ortodontia

Antes de falarmos do início do tratamento propriamente dito, precisamos lembrar que ao iniciar o seu tratamento ortodôntico, será necessário ter uma ótima higiene oral, já que vários restos de alimentos podem grudar no aparelho, causando várias doenças bucais, cáries, halitose, periodontite e ainda correndo o risco de manchar seus dentes para sempre.

Normalmente o tratamento ortodôntico inicia-se quando os dentes de leite já caíram e os dentes permanentes já estão totalmente desenvolvidos. Isso normalmente ocorre entre 12 e 13 anos, mas em alguns casos pode-se iniciar o tratamento antes, ou até mesmo posteriormente a isso, dependendo de quando o problema começou a aparecer.

Obviamente, que se os problemas ortodônticos só aparecem tardiamente, o tratamento só será iniciado mais tarde.

Existe um caso específico em que o tratamento ortodôntico é iniciado mais cedo, que é o caso de crianças com lábio leporino. Normalmente, crianças que têm essa condição precisam de tratamento ortodôntico para desenvolver seus dentes permanentes.

Tratamento Ortodontia
Entre em contato agora!

Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Antes de iniciar o tratamento

Se você já se consultou com seu ortodontista e já decidiram juntos qual o melhor tratamento para você, está na hora de procurar um bom dentista para garantir que a sua saúde bucal geral está adequada. Normalmente os próprios ortodontistas já tem uma ideia de como está a sua saúde bucal, mas é importante visitar um periodontista para garantir que esteja tudo ok com as suas gengivas também.

Quando os aparelhos dentários são colocados, as partículas de alimentos tem vários lugares para se alojarem e ficarem presas, portanto é essencial que o paciente faça uma limpeza adequada e frequente o periodontista para limpezas a cada 3 ou no máximo 6 meses.

Se essas visitas ao periodontista e se a higiene bucal não for adequada, poderão aparecer cáries durante o tratamento. É por isso, inclusive, que muitos ortodontistas recomendam que o paciente não consuma refrigerantes, doces e outros alimentos que já são conhecidos por causar cáries.

Como é o tratamento

O ortodontista vai avaliar como está a condição dos dentes e prever como os dentes irão se desenvolver. Normalmente essa avaliação envolve :

  • Verificação do histórico médico e odontológico completo
  • Exame clínico
  • Raio-X dos dentes e das mandíbulas
  • Produção de modelos dos dentes em gesso

Normalmente, após esses exames o ortodontista irá decidir qual o melhor plano de tratamento.

Razões para ver um ortodontista

O desalinhamento ou a mordida incorreta é o motivo mais comum para as pessoas consultarem um ortodontista. É hereditário e resulta da diferença de tamanho entre a mandíbula superior e inferior ou entre a mandíbula e os dentes. Uma má mordida pode causar dentes encavalados, mandíbula deformada ou mordida irregular. A má oclusão geralmente pode ser tratada pelos seguintes métodos:

Aparelhos odontológicos

Conexões quadradas de metal, cerâmica ou plástico são conectadas aos dentes. Um conjunto de fios ou molas aplica força e move os dentes para alinhá-los. Alguns pacientes com má oclusão optam por usar aparelhos transparentes, chamados de alinhadores, em vez de aparelhos tradicionais. Alguns pacientes podem precisar de um capacete para ajudar a mover os dentes de forma que eles sejam consistentes com a pressão fora da boca.

Cirurgião

Pacientes com mordida grave ou sobremordida podem exigir cirurgia corretiva para alongar ou encurtar a mandíbula. Os ortodontistas usam fios, parafusos cirúrgicos ou placas para apoiar a mandíbula. A cirurgia da mandíbula é usada apenas quando os problemas da mandíbula continuam a evoluir e o tratamento ortodôntico não invasivo não tem sido bem sucedido.

A correção da má oclusão pode:

  • Tornar mais fácil morder, mastigar e falar
  • Melhorar a simetria facial e a aparência geral
  • Aliviar a dor da doença da articulação temporomandibular (ATM)
  • Separar os dentes para facilitar a limpeza e ajudar a prevenir cáries ou cáries

As expectativas dos ortodontistas

Os dentistas freqüentemente descobrem que os dentes não estão alinhados corretamente durante os exames de rotina. Se seus dentes posteriores não estiverem bem, seu dentista pode recomendar que você consulte um ortodontista. Durante a primeira consulta ortodôntica, ele poderá solicitar:

  • exame oral
  • Fotos do seu rosto e sorriso
  • Raio-X odontológico
  • Radiografia panorâmica de rosto e cabeça (360 graus)
  • Criação de um molde de dente

Esses testes dirão ao ortodontista como tratar e qual intervenção ortodôntica é a melhor para você.

O Que É Tratamento De Oclusão Dentária?

A oclusão dos dentes se refere a como os dentes e a mandíbula se encaixam, ou como as fileiras superior e inferior dos dentes se tocam. Mais especificamente, é a relação entre os dentes inferiores ou inferiores e os dentes superiores ou superiores em contato entre si (por exemplo, quando você fecha a boca ou mastiga um alimento). A forma como os seus dentes estão dispostos ajuda-o a sorrir, falar e comer.

Você pode cerrar os dentes, rangir os dentes ou alinhar os dentes perfeitamente. Garantir a correta mordida ou oclusão faz parte do tratamento ortodôntico e também pode fazer parte da descrição do trabalho do ortodontista. No entanto, a má oclusão se refere ao desalinhamento da mandíbula e dos dentes, resultando na mordida errada. A má mordida pode causar várias complicações dentais (veja abaixo para mais informações).

Tratamento Ortodontia

Problemas de mordida errada

Sempre que a mordida não está alinhada, faz com que os músculos da mandíbula e do rosto trabalhem mais, o que pode levar a outros problemas. Se você tiver um problema de mordida, isso pode causar as seguintes complicações:

  • Problemas dentários
  • Dentes sensíveis
  • Dentes ondulados
  • Dente quebrado
  • Problema físico
  • Tensão muscular
  • Dor atrás dos olhos
  • Dor de pescoço
  • Enxaqueca
  • Dor nas articulações mandibulares
Tratamento Ortodontia

Tipo de oclusão

Existem vários tipos de oclusão dentária.

Mordida estática: a mordida estática refere-se ao contato entre o osso da mandíbula e os dentes inferiores quando a mandíbula está fixa e fechada.

Mordida dinâmica: a mordida dinâmica também é chamada de movimento articular. Não há contato dentário entre os lados da boca de mastigação.

Oclusão concêntrica: quando a mandíbula é o centro, a oclusão concêntrica é o oposto. Este é o primeiro contato dentário e pode corresponder ao maior acidente vascular cerebral.

Isso também é chamado de ISP ou local de armadilha, que é conveniente para picadas ou picadas habituais. Isso não deve ser confundido com a relação central (a relação entre a mandíbula e a maxila).

Tratamento Ortodontia

Avaliação extraoral

Antes de instalar aparelhos ortodônticos, talas, coroas restauradoras ou dispositivos de balanceamento, as seguintes operações devem ser realizadas para avaliação extra-oral ou avaliação externa do formato da face e mandíbula.

Verifique se há diferenças esqueléticas e simetria facial: A correção ou eficiência da mordida depende da simetria ou assimetria de seu rosto e se existem diferenças ou deformidades na estrutura óssea facial que causaram sua má oclusão em primeiro lugar.

Meça a altura da face inferior: O fechamento excessivo da oclusão pode causar a altura da face inferior, o que pode causar a parada da oclusão e a perda do dente. Na ausência de desgaste dentário, o paciente pode apresentar erupções cutâneas excessivas devido ao desenvolvimento de alvéolo-alveolar, que por sua vez leva a um aumento da altura facial.

Articulação temporomandibular: mede a extensão máxima que a boca pode abrir entre as margens incisais dos incisivos inferiores e superiores. Ao se avaliar extra-oral, o dentista deve descrever o desvio da mandíbula ao abrir ou fechar a maxila. Deve-se prestar atenção também à sensibilidade, estalos e cliques no queixo.

Avaliação oral

Também é importante avaliar o estado da mordida ou mordida do interior da cavidade oral por meio da avaliação intraoral. Isso inclui medir e verificar os seguintes pontos de observação:

Posição intercalar (ICP) / posição central: ICP é a posição central da mandíbula superior e a mandíbula inferior na mordida máxima entre as mandíbulas superior e inferior. A estabilidade da oclusão da ICP é muito importante, caso contrário, o trabalho corretivo em odontologia se tornará mais complicado.

Posição de contato retraída (CPR) / posição do eixo da dobradiça terminal: CPR é a posição atrás da mandíbula quando ela é manipulada em conjunto ou em ambos os lados para cima ou para trás (na forma de movimento para trás) (ou seja, o movimento para trás dos dentes) Localização confortável.

Seu outro nome, eixo final da dobradiça, é um eixo imaginário traçado pelo centro das cabeças das duas com saliências quando a mandíbula inferior é fechada e aberta em um arco de curvatura. Quando a mandíbula é fechada neste eixo, o primeiro ponto de contato dentário é RCP.

Tratamento Ortodontia

Como você trata os problemas de mordida?

O desalinhamento da mandíbula ou a má oclusão podem ser causados por ranger de dentes e pressão excessiva. Se continuar a sofrer de dores no pescoço ou na mandíbula, dores de cabeça ou zumbido, você pode sofrer de má mordida ou desalinhamento da mandíbula.

Se for esse o caso, você deve usar os seguintes tratamentos possíveis para tratar o problema de oclusão, de modo que sua mandíbula fique em contato com a mandíbula de maneira uniforme.

Equilíbrio: Este tratamento da má oclusão envolve o ajuste da superfície do dente para melhorar sua função. O equilíbrio dos dentes ou da mordida é relativamente reto. Geralmente envolve a fixação de um ou mais dentes para criar uma mordida mais forte e evitar que os dentes pressionem cada dente individualmente. Este tratamento também pode reduzir o trauma ou estresse nas articulações e músculos da mandíbula.

Tratamento restaurador: coroas podem ser adicionadas aos dentes para corrigir a mordida e incentivá-los a fazer o alinhamento correto. Além de raspar ou substituir os dentes para corrigir o equilíbrio da mordida, é mais importante restaurar a mordida. Este tratamento é eficaz ou restaura a mordida que você perdeu (devido a ranger de dentes, cáries, cáries, perda de dente ou extração forçada de dente, perda de dente, lacuna dentária, etc.), ou usa o defeito para trazer a você uma mordida melhor

Tala: Um dispositivo de proteção para mordida, tala dentária ou tala é colocado nos dentes superiores ou inferiores para alterar a mordida causada pelo relaxamento muscular da mandíbula. As talas também são úteis na prevenção de fraturas e dentes quebrados.As talas não são usadas apenas para tratar a oclusão. É também o tipo de tratamento mais comum para STM para doença da articulação temporomandibular. Esses dispositivos incluem protetores bucais e placas de mordida. Eles também podem ser usados por um curto período de tempo. Eles não causarão alterações permanentes nas mandíbulas ou dentes.

Ortodontia: Se sua mordida for “incorreta” ou ineficiente, ela lhe causará mais problemas do que benefícios, então a instalação de um equipamento ortodôntico deve ajudá-lo a corrigir sua mordida.

Tratamento Ortodontia

Expectativas para o tratamento da má oclusão

Isso é o que você deve esperar ao se submeter a um tratamento para uma mordida curva.

Pequenas alterações: Alguns pacientes precisam apenas alterar as bordas dos dentes para se adaptarem melhor a uma mordida reta, o que também é chamado de equilíbrio. Isso se aplica apenas a casos menores, onde apenas alguns dentes causam problemas de má oclusão. Isso é minimamente invasivo e, na maioria dos casos, apenas altera algumas coisas por meio do tratamento odontológico.

Danos nos dentes: se você estiver lidando com um problema mais sério, seu dentista poderá tomar medidas para fornecer restaurações oclusais de qualidade. Este trabalho dependerá da condição atual de seus dentes, portanto, o dentista deve contatá-lo caso a caso. Implantes, pontes e coroas são comumente usados para reparar danos aos dentes

A própria estrutura da mordida: Se a própria estrutura da mordida for ruim, o paciente pode precisar de ortodontia ou correção. Este é um tratamento de longo prazo, geralmente usando aparelho para mover os dentes no lugar ao longo do tempo. Nos últimos anos, surgiram alguns tratamentos ortodônticos que são mais esteticamente agradáveis e menos invasivos em termos de qualidade de vida.

Ajuste o método de tratamento dentário existente: Ao instalar uma nova coroa, dentição parcial, ponte ou restauração de implante dentário, pode causar lesão por mordedura. O efeito é oposto. A própria restauração ou os dentes adjacentes precisam ser tratados. Ajustes adicionais. As mudanças incluem a mobilidade dos dentes, maior espaço periodontal e dor. Felizmente, esse tipo de trauma oclusal é reparável e reversível.

Tratamento Ortodontia

Ajuste de mordida

Se a maioria dos pacientes odontológicos não sentir dor ou não apresentarem dentes amarelados e tortos, eles recusarão o tratamento. No entanto, a odontologia precisa fazer mais do que simplesmente restaurar a cavidade dentária, higiene dental e tratamento cosmético. Recomendações de tratamento ortodôntico podem ser solicitadas para corrigir problemas estéticos e oclusões ineficazes, o que pode causar problemas no futuro.

Resistência inicial do paciente: os pacientes tendem a ser irritáveis e resistentes às recomendações de tratamento ortodôntico ou de ajuste de oclusão. A obtenção de aparelho ortodôntico para melhorar a mordida é considerada cara e problemática ao interagir com uma má oclusão de um adulto que sofre de dor.

Os motivos usuais são devido à baixa estética do aparelho, à duração do tratamento, à dificuldade de uso do aparelho e ao custo desse tratamento. Se o paciente não sente dor, ele fica relutante em receber tratamento.

A principal força motriz para o tratamento ortodôntico: De acordo com um relatório de 2011 da American Orthodontic Association, os pacientes estão ansiosos para corrigir as deformidades radiculares que desejam corrigir seus dentes e melhorar seu sorriso. Essas são as suas principais motivações para buscar tratamento ortodôntico.

Outras razões incluem o fechamento de lacunas ou espaços entre os dentes, melhorando a aparência facial e melhorando a mordida. Levando em consideração os fatores psicológicos da estética facial, imagem corporal e autoimagem, os resultados das pesquisas do grupo ortodôntico são comparáveis aos do público em geral.

Tratamento Ortodontia

Mais do que endireitar os dentes

A maioria dos leigos acredita que tudo o que precisa é endireitar os dentes para obter um sorriso perfeito e um tratamento dentário completo. Seus dentes devem ter uma boa aparência e deve haver contato adequado entre as fileiras dentárias superiores e inferiores.

A Ortodontia em si é um campo muito estimulante. Não é mais um espaço reservado para crianças que desejam endireitar os dentes na infância ou na adolescência. Também há adultos que contam com essa disciplina para melhorar sua força de mordida e como as fileiras superiores e inferiores de dentes se tocam.

Se houver uma obstrução ou problema periodontal, o dentista pode lembrar ao paciente que uma avaliação e tratamento são necessários. Dependendo das recomendações e exames realizados, os pacientes com má oclusão podem receber tratamento oclusal, como tratamento ortodôntico em Invisalign ou aparelho normal, ajuste oclusal, divisão ou uso de monitores noturnos.

Não basta ter um sorriso encantador. O paciente também deve exigir uma mordida saudável e uma mordida correta.

Tratamento Ortodontia

Conclusão Maloclusão

Ao tratar pacientes afetados pela perda da superfície dentária, o tratamento protetor deve ser realizado. Esta é a razão fundamental para a eliminação da perda por meio da seleção cuidadosa e do uso de técnicas restauradoras para manter ou melhorar a estabilidade oclusal. Se seus dentes sofrerem desgaste e dilaceração, a tala de mordida pode reduzir o dano adicional quando a carga sobre os dentes for alta.

Se as estratégias preventivas não forem seguidas, ou se as medidas preventivas para evitar a má oclusão não forem tomadas, a dentição pode eventualmente sofrer erosão a ponto de ser difícil para o dentista fornecer uma restauração fixa. Como resultado, as próteses dentárias removíveis são frequentemente utilizadas para restaurar a oclusão afetada pela perda da superfície dentária.

Tratamento Ortodontia

Condições ortodônticas - hipoplasia maxilar

Hipoplasia maxilar, também chamada de defeito maxilar, é a hipoplasia da maxila. Essa condição pode fazer com que a mandíbula média recue e crie uma aparência elevada onde a mandíbula inferior se projeta para a frente. Além da Síndrome do Álcool Fetal, está frequentemente associada à Síndrome de Crouzon e à Síndrome de Angelman. Também pode estar relacionado a fenda labial e fenda. Devido à falta de extração dentária, algumas pessoas também podem apresentar hipoplasia maxilar.

Devido à mandíbula superior pequena, a hipoplasia da mandíbula superior dá ao paciente a aparência de um queixo maior. Essa condição também pode causar picadas e afetar a mastigação, a respiração, a fala e a saúde bucal geral em longo prazo. Avanços modernos, como planos de cirurgia virtual 3D e osteoartrite, estão ajudando a melhorar o resultado de crianças que precisam de reconstrução facial.

Tratamento Ortodontia

Sinais e sintomas

A falta de desenvolvimento ósseo na mandíbula superior torna o centro da face encovado, enquanto a mandíbula parece encovada. Isso acontece mesmo se a mandíbula for anatomicamente normal. Essa situação torna cada vez mais difícil para as pessoas comerem. 

Além disso, trará desafios futuros aos pacientes, como a restrição das vias aéreas. Então, devido à postura contínua da cabeça para a frente, podem ocorrer dores nas costas, no pescoço e dormência nas mãos e nos braços. Vias aéreas restritas também podem causar batimentos e até apnéia do sono. A apnéia do sono pode causar problemas cardíacos, endócrinos, ganho de peso, problemas cognitivos e outros problemas.

Tratamento Ortodontia

Tratamento

A cirurgia corretiva é o tratamento mais comum para corrigir a hipoplasia maxilar. Envolve o reposicionamento da mandíbula superior para que se alinhe com a mandíbula inferior e dê ao rosto uma simetria geral. É muito adequado para cirurgia durante a adolescência para fazer a mandíbula totalmente recuperada e se desenvolver normalmente. A cirurgia também pode ser realizada sob consulta de um ortodontista para o Tratamento Ortodontia, que tentará reposicionar os dentes na boca.

O tratamento eficaz do palato subdesenvolvido requer avaliação do problema de vários ângulos. Os cirurgiões plásticos pediátricos e craniofaciais podem ajudar a integrar a cirurgia da bochecha, do nariz, dos tecidos moles e da mandíbula e os dentes para restaurar totalmente o equilíbrio e a função facial. Para realizar uma avaliação abrangente e o Tratamento Ortodontia completo desse problema, é melhor consultar uma equipe com experiência no tratamento da hipoplasia maxilar.

Métodos de tratamento avançados podem incluir o desenvolvimento de modelos virtuais 3-D personalizados antes da cirurgia. Além de calcular as medidas precisas necessárias para obter os melhores resultados, também permite que a equipe médica planeje cuidadosamente cada etapa da operação.

Osteogênese

Em alguns casos, um dispositivo pode ser colocado no osso maxilar para permitir que o osso se propague. Essa técnica permite que o corpo humano produza seus próprios ossos e evita a necessidade de enxertos ósseos.

Cirurgia de reconstrução da mandíbula
Após a puberdade, a mandíbula é movida para uma nova posição e fixada no lugar com pequenas placas e parafusos.

Tratamento Ortodontia

Restaurar

O tempo de recuperação após a cirurgia varia de acordo com o grau da cirurgia e as circunstâncias específicas. Geralmente, é recomendado que os pacientes comam alguns alimentos leves dentro de alguns dias a algumas semanas, para que suas mandíbulas possam ser devidamente curadas. Pacientes e médicos também devem fazer check-ups regulares para monitorar o deslocamento ósseo, sinais de infecção ou outros problemas que possam surgir.

Se você ou seus filhos vêm sofrendo com problemas de dentes tortos ou qualquer outro que citamos nesse texto, não perca mais tempo, procure agora mesmo um ortodontista e comece o Tratamento Ortodontia.

Vamos conversar

Agende sua primeira visita Tratamento Ortodontia

Abrir Whatsapp
1
Precisando de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?