07:30 - 18:00

Segunda – Sexta

(11) 2983-3530

Ligue Agora!

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens

Tratamento Ortodontia

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens

O que é e o que faz um Periodontista

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens Periodontista é um dentista especializado na prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças periodontais, ou seja, nas doenças que envolvem as gengivas e estruturas que garantem o suporte dos dentes, além de também atuar na colocação de implantes dentários. Como eles são especialistas em todos os tipos de tecidos que circundam os dentes, eles também tratam de inflamações orais, também conhecidas como gengivites.

Os periodontistas frequentemente tratam casos periodontais mais complexos, como por exemplo pacientes que possuem alguma doença grave na gengiva ou histórico clínico complexo.

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens
Entre em contato agora!

Dentre os Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens oferecidos, podemos citar: descamação e aplainamento da raiz (em que a superfície infectada da raiz é limpa) ou debridamento da superfície da raiz (em que o tecido danificado é removido). Eles também estão aptos para realizar procedimentos cirúrgicos em pacientes com problemas graves de gengiva. E, como já dissemos, os também são capacitados para realizar a colocação, manutenção e reparação de implantes dentários.

Na primeira consulta, o periodontista analisa o histórico médico e odontológico completo do paciente. É extremamente importante para o periodontista saber de quaisquer medicamentos que estejam sendo usados ou se o paciente está sendo tratado para qualquer condição que pode afetar a gengiva, tais como doença cardíaca, diabetes, ou até mesmo gravidez.

O periodontista examina as gengivas, verifica se há alguma recessão na linha da gengiva, avalia como os dentes se encaixam quando mordem, e verifica os dentes para ver se há algum solto. O periodontista também vai pegar um pequeno instrumento de medição chamado sonda e colocá-la entre os dentes e gengivas para determinar a profundidade desses espaços, conhecidos como bolsas periodontais; isso ajuda o periodontista a avaliar a saúde das gengivas.

Quando procurar um Periodontista?

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens Alguns pacientes podem realizar seus tratamentos com o dentista comum, que já é de sua confiança. Porém, estamos percebendo um aumento da incidência de doenças periodontais cada vez mais graves e algumas pesquisas indicaram uma correlação entre as doenças da gengiva e outras doenças crônicas relacionadas ao envelhecimento. Em alguns desses casos, mesmo que as condições sejam simples, será necessário a opinião de um especialista em Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens.

Tipos de doença de Gengiva

Muita gente acaba confundindo a gengivite com a periodontite, então vamos esclarecer esse ponto de uma vez por todas: a gengivite, quando não é tratada adequadamente, pode evoluir para uma periodontite, que pode evoluir para uma perda total ou parcial dos dentes!

Neste caso é indicado o Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens.

Gengivite

A Gengivite é uma forma branda de doença periodontal, Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens. Dentre os sintomas, podemos perceber gengivas avermelhadas, inchadas e que sangram facilmente. O problema maior é que normalmente, nessa fase, o paciente não sente nenhum desconforto.

A gengivite é uma situação reversível e que normalmente é solucionada com um tratamento profissional simples e com uma boa higiene em casa, que conta inclusive com o uso do fio dental.

Muitas vezes, quando o caso é apenas de uma gengivite simples, o próprio dentista do paciente já consegue solucionar e tratar, não sendo necessário o encaminhamento para um periodontista.

Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens

Existem alguns fatores que fazem com que a incidência de gengivite aumente. São eles:

  • Diabetes,
  • Tabagismo,
  • Envelhecimento,
  • Predisposição genética,
  • Doenças e condições sistêmicas,
  • Estresse,
  • Nutrição inadequada,
  • Puberdade,
  • Flutuações hormonais,
  • Gravidez,
  • Uso de drogas,
  • HIV,
  • Algumas medicações
Tratamento de Prótese Dentária e Reabilitações Protéticas

Periodontite

Quando a gengivite não é tratada adequadamente, ela pode levar à periodontite. Com o avanço da condição, a placa bacteriana pode se espalhar e crescer abaixo da linha da gengiva.

As bactérias presentes nas placas produzem toxinas que irritam ainda mais a gengiva e estimulam uma resposta inflamatória. Quando essa resposta inflamatória se agrava, os tecidos e os ossos que suportam os dentes podem ser prejudicados, fazendo com que em uma situação extrema os dentes comecem a ficar moles e precisem ser extraídos.

Os tipos mais comuns de periodontite são:

  • A periodontite agressiva ocorre em doentes que são clinicamente saudáveis.Ocorre uma progressão rápida da gengivite, onde comumente acaba-se por perder os dentes.
  • A periodontite crônica resulta em inflamação nos tecidos de apoio dos dentes, fixação progressiva e perda óssea. Esta é a forma mais frequente de periodontite e é caracterizada pela formação de bolsas e/ou recessão da gengiva. Ocorre na maioria das vezes em adultos, mas pode ocorrer em qualquer idade. A progressão normalmente ocorre devagar, mas podem ocorrer períodos de rápida progressão.
  • Periodontite como uma manifestação de doenças sistêmicas: muitas vezes inicia-se em uma idade jovem. Condições sistêmicas como doença cardíaca, doença respiratória e diabetes estão associadas a esta forma de periodontite.
  • A doença periodontal necrotizante: é uma infecção caracterizada pela necrose dos tecidos gengivais, ligamento periodontal e osso alveolar. Estas lesões são mais frequentemente observadas em indivíduos com condições sistêmicas tais como infecção por HIV, desnutrição e imunossupressão.

Fatores de risco de Gengivite

A principal causa da doença periodontal (gengiva) é a placa, mas outros fatores afetam a saúde de suas gengivas, por isso faça o Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens.

Tabagismo

O consumo de tabaco está ligado a muitas doenças graves, como o cancro, as doenças pulmonares e as doenças cardíacas, bem como a inúmeros outros problemas de saúde. Os consumidores de tabaco também estão em maior risco de doenças periodontais. Estudos têm mostrado que o uso de tabaco pode ser um dos fatores de risco mais significativos no desenvolvimento e progressão da doença periodontal, por isso é indicado o Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens.

Genética

Estudos indicaram que algumas pessoas podem ser geneticamente suscetíveis à doença de gengiva. Mesmo tendo hábitos saudáveis estas pessoas podem ser mais propensas a desenvolver doença periodontal. Identificar estas pessoas com um teste genético antes mesmo de mostrar sinais da doença e colocá-las em tratamento de intervenção precoce pode ajudá-los a manter os dentes por toda vida.

Stress

O estresse está ligado a muitas condições graves, tais como hipertensão, câncer e muitos outros problemas de saúde. O estresse é também um fator de risco para a doença periodontal. A investigação demonstra que o stress pode tornar mais difícil para o organismo combater a infecção, incluindo as doenças periodontais.

Medicamento

Alguns medicamentos, tais como contraceptivos orais, antidepressivos e certos medicamentos para o coração, podem afetar a sua saúde oral. Você sempre deve informar o seu dentista sobre quais medicamentos você toma de forma contínua e também quais está tomando na época das consultas.

Ranger os Dentes

Apertar ou ranger seus dentes pode colocar excesso de força nos tecidos de suporte dos dentes e pode acelerar o processo em que esses tecidos periodontais são destruídos.

Outras Doenças Sistémica

Outras doenças sistêmicas que interferem com o sistema inflamatório do organismo podem piorar a condição das gengivas. Estes incluem doença cardiovascular, diabetes e artrite reumatóide.

Maus Hábitos Alimentares e Obesidade

Uma dieta baixa em nutrientes importantes pode comprometer o sistema imunológico do organismo e tornar mais difícil para o organismo combater a infecção. Como a doença periodontal começa como uma infecção, a má nutrição pode piorar a condição de suas gengivas. Além disso, a investigação demonstrou que a obesidade pode aumentar o risco de doença periodontal.

Sintomas das doenças das gengivas

A doença de gengivas é muitas vezes silenciosa, o que significa que os sintomas podem não aparecer até uma fase avançada da doença. No entanto, os sinais de aviso da doença das gengivas incluem os seguintes:

  • Gengivas vermelhas, inchadas ou tenras ou outras dores na boca
  • Sangramento enquanto escova, usa fio dental ou come comida dura
  • Gengivas que estão recuando ou afastando-se dos dentes, fazendo com que os dentes pareçam mais longos do que antes
  • Dentes soltos ou separados
  • Pus entre as gengivas e os dentes
  • Feridas na boca
  • Mau hálito persistente
  • Mudança na forma como os teus dentes se encaixam quando morde
  • Caso você já utilize dentadura, pode haver uma alteração no ajuste da dentadura

Milhões de pessoas não sabem que têm esta infecção grave que pode levar à perda de dentes se não for tratada.

Prevenção da doença Periodontal

A doença Periodontal, também conhecida como doença da gengiva, é causada quando as bactérias em placa (um filme pegajoso e incolor que se forma na boca) se acumula entre as gengivas e os dentes. Quando as bactérias começam a crescer, as gengivas em torno do dente podem ficar inflamadas.

Se não for tratada, esta inflamação pode causar a deterioração das gengivas e estrutura óssea que suporta os dentes. Isso pode levar à recessão gengiva ou até mesmo perda de dentes. Além disso, pesquisas têm mostrado que a doença de gengivas pode estar associada a outras doenças, como diabetes e doenças cardíacas.

Felizmente, a doença periodontal pode ser prevenida. Adicionar esses hábitos à sua rotina diária pode ajudar.

  • Escovar os dentes. Escovar após as refeições ajuda a remover os restos de comida e placa presa entre os dentes e gengivas. Não te esqueças de incluir a limpeza da língua utilizando, por exemplo, um raspador de língua. Muitas vezes a língua é esquecida durante a limpeza, mas as bactérias adoram se esconder nela.
  • Fio Dental. O uso de fio dental pelo menos uma vez por dia ajuda a remover partículas de alimentos e placas entre os dentes e ao longo da linha da gengiva que a sua escova de dentes não consegue alcançar.
  • Enxaguante bucal. O uso de um enxaguante bucal pode ajudar a reduzir a placa e pode remover as restantes partículas alimentares que não foram retiradas com a escova.
  • Visite anualmente o seu periodontista! Muitas pessoas acabam indo ao dentista somente quando algum problema aparece. Mas como vimos, a gengivite é silenciosa e pode afetar a saúde da sua boca sem que você perceba.

Agora vamos conversar um pouco sobre como as doenças nas gengivas afetam homens, mulheres e crianças de formas diferentes.

Doenças das Gengivas nas Mulheres

A saúde periodontal de uma mulher pode ser afetada por uma variedade de fatores;

Puberdade

Durante a puberdade, há um aumento do nível de hormônios sexuais, tais como progesterona e possivelmente estrogênio, o que causa aumento da circulação sanguínea para as gengivas. Isto pode causar um aumento da sensibilidade da gengiva e conduzir a uma maior reação a qualquer irritação, incluindo partículas alimentares e placas. Durante este tempo, as gengivas podem ficar inchadas e ficar vermelhas.

Menstruação

Ocasionalmente, algumas mulheres experimentam gengivite menstrual. As mulheres com esta condição podem sentir gengivas a sangrar, gengivas vermelhas e inchadas e feridas no interior da bochecha. A gengivite menstrual normalmente ocorre antes do período de uma mulher e desaparece assim que o período começa.

Gravidez

Alguns estudos mostram que mulheres grávidas podem apresentar problemas periodontais com mais frequência. Em alguns casos, isso ocorre devido à dificuldade em manter a higiene oral devido aos enjoos.

Um outro estudo relatou que mulheres com periodontite podem ter mais chances de ter um bebê prematuro, mas esses estudos ainda não foram conclusivos e é necessário que outros estudos sejam realizados.

Todas as infecções são motivo de preocupação entre as mulheres grávidas porque representam um risco para a saúde do bebê. Sendo assim, é recomendado que mulheres grávidas façam acompanhamento com um dentista e periodontista, garantindo que tanto a sua saúde quanto a do bebê estejam em dia..

Menopausa e Pré-Menopausa

As mulheres que estão na menopausa ou pré-menopausa podem sofrer alterações na boca. Podem notar desconforto na boca, incluindo boca seca, dor e sensação de queimadura no tecido da gengiva e alteração do paladar, especialmente salgado, picante ou azedo.

Além disso, a gengivoestomatite na menopausa afeta uma pequena percentagem de mulheres. As mulheres que apresentam essa condição possuem gengivas que parecem secas ou brilhantes, sangram facilmente e variam de pálido a vermelho profundo.

Gengivite em Homens

A saúde Periodontal para os homens é extremamente importante, pois pode ter impacto em uma variedade de outros fatores de saúde.

Pesquisas descobriram que a doença periodontal é maior nos homens (56,4%) do que nas mulheres (38,4%). Isso pode ser porque os homens são menos propensos a ir ao dentista ou porque os homens têm piores indicadores de saúde periodontal do que as mulheres, incluindo maior incidência de placa dentária, tártaro e sangramento.

Saúde na Próstata

O antigénio específico da próstata é uma enzima criada na próstata que é normalmente secretada em quantidades muito pequenas. No entanto, quando a próstata fica inflamada, inflamada ou afetada pelo câncer, os níveis de APS aumentam. Estudos têm mostrado que os homens, com indicadores de doença periodontal, tais como as gengivas avermelhadas ou inchadas, bem como homens com indicadores de prostatite (inflamação da próstata) têm níveis mais elevados de PSA do que os homens com apenas uma das condições. Isto significa que a saúde da próstata pode estar associada à saúde periodontal, e vice-versa.

Cardíaco

Algumas pesquisas indicam que a doença periodontal e a doença cardiovascular estão associadas; ter doença periodontal pode realmente aumentar o risco de doença cardiovascular. Ambas as doenças são condições inflamatórias crônicas, e pesquisadores acreditam que a inflamação é a conexão entre a doença de gengiva e doença cardíaca. Uma vez que os homens já estão mais propensos a desenvolver doenças cardíacas do que as mulheres, a manutenção da saúde periodontal é outra forma de reduzir este risco.

Impotência

Homens com doença periodontal, especialmente aqueles com menos de 30 ou mais de 70 anos, estão em maior risco de desenvolver impotência. Pesquisadores acreditam que a inflamação pode ser a ligação; inflamação crônica prolongada (o mesmo tipo de inflamação que está associado com a doença periodontal) pode danificar os vasos sanguíneos levando à impotência.

Câncer

Pesquisas descobriram que os homens com um histórico de doença de gengiva são 14% mais propensos a desenvolver câncer do que os homens com gengivas saudáveis. Especificamente, os homens com doença periodontal podem ser 49% mais propensos do que as mulheres a desenvolver câncer de rim, 54% mais propensos a desenvolver câncer pancreático, e 30% mais propensos a desenvolver leucemia.

Doença da Gengiva em Crianças

Gengivite crônica, a periodontite agressiva e a periodontite agressiva generalizada são tipos de doença da Gengiva em crianças.

Tipos de Doenças Periodontais em Crianças

Gengivite crônica é comum em crianças. Normalmente faz com que o tecido da gengiva inche, fique vermelho e sangre facilmente. Gengivite é prevenível e tratável com uma rotina regular de escovação, fio dental e cuidados dentários profissionais.

No entanto, se não tratada, pode eventualmente avançar para formas mais graves de doença periodontal. A periodontite agressiva pode afetar os jovens que, tirando essa condição, são saudáveis. A periodontite agressiva localizada é encontrada em adolescentes e jovens adultos e afeta principalmente os primeiros molares e incisivos. É caracterizada pela grave perda de osso alveolar, e ironicamente, esses pacientes geralmente têm muito pouca placa dentária ou cálculo.

A periodontite agressiva generalizada pode começar em torno da puberdade e envolver toda a boca. É marcada por inflamação das gengivas e fortes acumulações de placas e cálculo. Eventualmente, pode fazer com que os dentes se soltem.

Sinais de Doença Periodontal

Quatro sinais básicos de doença periodontal para observar no seu filho:

Hemorragia

Gengivas hemorrágicas (gengivas que sagram) durante a escovação dos dentes, uso do fio dental ou em qualquer outro momento.

Inchaço

Gengivas vermelhas, inchadas e brilhantes

Recessão

Gengivas que se afastam dos dentes, às vezes expondo as raízes

Mau hálito

Mau hálito constante que não limpa com escovamento e Fio Dental

Importância da boa higiene dentária na adolescência

As alterações hormonais relacionadas com a puberdade podem colocar os adolescentes em maior risco de contrair doença periodontal. Durante a puberdade, um aumento do nível de hormônios, tais como progesterona e possivelmente estrogênio, causa aumento da circulação sanguínea para as gengivas. Isto pode causar um aumento da sensibilidade da gengiva e conduzir a uma maior reação a qualquer irritação, incluindo partículas alimentares e placas.

À medida que um adolescente progride através da puberdade, a tendência para as gengivas a inchar em resposta a irritantes vai diminuir. No entanto, durante a puberdade, é muito importante ter bons hábitos de higiene dentária em casa, incluindo escovação regular e fio dental, que é o básico a ser feito quando o assunto é higiene dental.

 Em alguns casos, um profissional de Odontologia pode recomendar terapia periodontal para ajudar a prevenir danos nos tecidos e ossos ao redor dos dentes.

Conselhos para os pais

O diagnóstico precoce é importante para o sucesso do tratamento de doenças periodontais. Desta forma, é importante que as crianças recebam um exame periodontal completo como parte das suas visitas dentárias de rotina. Deve ser considerada uma avaliação médica geral para crianças que apresentem periodontite grave, especialmente se aparentar ser resistente à terapêutica.

O passo preventivo mais importante contra a doença periodontal é estabelecer bons hábitos de saúde oral com o seu filho. Existem medidas preventivas básicas para ajudar o seu filho a manter uma boa saúde oral:

  • Estabeleça bons hábitos de higiene dentária cedo. Quando a criança completa 1 ano de idade, pode-se começar a usar pasta de dentes ao escovar os dentes. Quando as lacunas entre os dentes do seu filho fecharem, é importante começar a usar fio dental.
  • Sirva como um bom exemplo praticando bons hábitos de higiene dental.
  • Agende visitas ao dentista de forma regular para exames familiares, avaliações periodontais e limpeza.
  • Verifique a boca do seu filho para os sinais de doença periodontal, incluindo gengivas que sanfram, gengivas vermelhas inchadas e brilhantes, gengivas que estão afastando-se dos dentes e mau hálito.

O que é uma avaliação periodontal abrangente?

Em 2011, a Academia Americana de Periodontologia publicou a declaraçãon de terapia Periodontal, que recomenda que todos os adultos recebam uma avaliação abrangente anual de sua saúde periodontal.

Uma avaliação Periodontal abrangente, é uma forma de avaliar a sua saúde periodontal examinando:

  • Os dentes
  • As placas
  • As gengivas
  • A mordida
  • A estrutura óssea
  • Os factores de risco

Quando o seu dentista de confiança, como um periodontista ou dentista geral, realizar esta avaliação, eles vão olhar para estas seis áreas para determinar o estado de sua saúde periodontal.

Porque preciso de uma avaliação periodontal completa?

Pesquisas recentes indicaram que a prevalência da doença periodontal no Brasil, pode ser significativamente maior do que originalmente estimado. Isso significa que todos os adultos devem avaliar cuidadosamente o estado de sua saúde periodontal para receber informações precisas sobre a saúde de suas bocas.

Ao avaliar a sua saúde oral numa base anual, você e o seu profissional de saúde dentária saberão como a sua boca é saudável, e serão mais capazes de notar quaisquer condições, tais como doenças periodontais que possam necessitar de tratamento adicional.

Essas pesquisas também mostraram, e especialistas concordam, que existe uma associação entre a doença periodontal e outras condições inflamatórias crônicas, como diabetes, doenças cardiovasculares e doenças respiratórias. Portanto, é muito importante tratar a inflamação que causa doença periodontal o mais rápido possível para garantir que todo o seu corpo permaneça saudável.

Tratamentos e procedimentos periodontais

Os periodontistas são especialistas em odontologia no tratamento da doença periodontal.

Os periodontistas também podem realizar outros procedimentos que envolvem as gengivas e toda a estrutura que mantêm os dentes no lugar, como por exemplo:

  • Implantes dentários
  • Tratamentos não cirúrgicos
  • Cirurgia de enxerto de gengiva
  • Tratamento por Laser
  • Procedimentos de Regeneração
  • Alongamento da Coroa Dentária
  • Implante
  • Procedimentos de Redução De Bolsos
  • Procedimentos para Cirurgia Plástica

Tratamento Periodontal não Cirúrgico

As orientações para os tratamentos Periodontais não cirúrgicos salientam que a saúde periodontal deve ser alcançada da forma menos invasiva possível.

O tratamento periodontal não cirúrgico tem as suas limitações. Quando não atinge a saúde periodontal, a cirurgia pode ser indicada para restaurar a saúde do paciente.

Dimensionamento e Alinhamento das raízes

A escalagem e a aplainação da raiz é uma limpeza cuidadosa das superfícies da raiz para remover a placa e o cálculo (tártaro) dos bolsos periodontais profundos e para suavizar a raiz do dente para remover as toxinas bacterianas. Escalação e plainagem de raízes é às vezes seguida por terapia, como o fornecimento local de antimicrobianos, antibióticos sistêmicos, e modulação de hospedeiros. Todos esses tratamentos devem ser analisados caso a caso.

Cirurgia de Enxerto de Gengiva

Raízes dentárias expostas são o resultado da recessão gengiva. A cirurgia do enxerto da gengiva irá reparar o defeito e ajudar a evitar a recessão adicional e a perda óssea.

Os enxertos de gengiva podem ser usados para cobrir raízes ou desenvolver tecido de gengiva quando ausente devido à recessão gengival excessiva. Durante a cirurgia do enxerto de gengiva, o periodontista tira o tecido da gengiva do palato ou de outra fonte doadora para cobrir a raiz exposta. Isto pode ser feito para um dente ou vários dentes até mesmo a sua linha de gengiva e reduzir a sensibilidade.

Quais são os benefícios da cirurgia de enxerto de gengiva?

Um enxerto de gengiva pode reduzir a recessão e a perda óssea. Em alguns casos, pode cobrir raízes expostas para protegê-las e evitar o pior. Isto pode reduzir a sensibilidade dentária e melhorar a estética do sorriso. Não importa se o paciente procura por um enxerto de gengivas somente para melhorar a função ou em busca de um sorriso mais bonito. Normalmente ele consegue os dois benefícios: um sorriso mais bonito e uma melhor saúde periodontal.

Tratamento a Laser para Gengivite

Lasers podem ser usados para tratar doenças periodontais. Estudos controlados atuais demonstraram que foram encontrados resultados semelhantes com o laser em comparação com outras opções de tratamento específicas.

Procedimentos de Regeneração

Procedimentos que regeneram ossos e tecidos perdidos que suportam os dentes podem reverter alguns dos danos causados pela doença periodontal. Seu periodontista pode recomendar um procedimento regenerativo quando o osso que suporta seus dentes foi destruído devido a doença periodontal. Estes procedimentos podem reverter alguns dos danos regenerando ossos e tecidos perdidos.

Durante este procedimento, o periodontista abre o tecido da gengiva e remove as bactérias causadoras de doenças. Membranas ( filtros), enxertos ósseos ou proteínas estimuladoras dos tecidos podem ser usados para incentivar a capacidade natural do seu corpo para regenerar o osso e o tecido.

Eliminar bactérias existentes e regenerar ossos e tecidos ajuda a reduzir a profundidade das bolsas e reparar danos causados pela progressão da doença periodontal. Com uma combinação de higiene oral diária e cuidados de manutenção profissional, você vai aumentar as chances de manter seus dentes naturais e diminuir as chances de outros problemas de saúde associados com a doença periodontal.

Procedimento de alongamento das copas dentárias

Você pode ter perguntado ao seu periodontista sobre procedimentos para melhorar um sorriso, devido seus dentes parecerem curtos. Os teus dentes podem ser do tamanho certo, mas estão cobertos com demasiado tecido da gengiva. Para corrigir isto, o teu periodontista faz um procedimento de alongamento da coroa dentária.

Durante o procedimento de alongamento da coroa dentária, o excesso de gengiva e tecido ósseo é remodelado para expor mais o dente natural. Isto pode ser feito a um dente ou a vários dentes para expor um sorriso natural. O seu dentista ou periodontista também pode recomendar o alongamento da coroa dentária para tornar possível um procedimento dentário restaurador ou cosmético.

Talvez o seu dente esteja deteriorado, quebrado abaixo da linha da gengiva, ou não tenha estrutura dentária suficiente para uma restauração, como uma coroa ou ponte. O alongamento da coroa ajusta a gengiva e o nível ósseo para expor mais o dente para que possa ser restaurado.

Procedimentos de redução de bolsas periodontais

O tecido ósseo e a gengiva devem preencher em volta dos dentes como uma gola alta ao pescoço. Quando você tem doença periodontal, este tecido de suporte e osso é destruído, formando “bolsas” em torno dos dentes.

Com o tempo, estas bolsas tornam-se mais profundas, proporcionando um espaço maior para as bactérias viverem. À medida que as bactérias se desenvolvem em torno dos dentes, podem acumular-se e avançar sob o tecido da gengiva. Estas bolsas fundas recolhem ainda mais bactérias, resultando em mais perda de ossos e tecidos. Eventualmente, se se perder muito osso, os dentes terão de ser extraídos.

Agora que você já sabe tudo sobre Periodontia, Gengivite e Periodontite, que tal agendar uma consulta com seu dentista de confiança e verificar se está tudo bem com a saúde da sua boca?

Vamos conversar

Agende sua primeira visita Tratamento Periodontia Limpezas e Raspagens

Abrir Whatsapp
1
Precisando de ajuda?
Olá 👋
Podemos te ajudar?